avaliação inicial

Nessa etapa inicial é preciso entender antes de qualquer esforço estatístico, qual é o contexto gerencial, quais são os dados que estão disponíveis, em que condições encontram-se esses dados, além de avaliar as expectativas e objetivos da empresa, para então escolher quais serão as ferramentas de análise de dados mais indicadas.

Essa avaliação também serve para orientar a modelagem de dados que produzirá melhores resultados analíticos.

 

Modelagem de DADOS

O primeiro passo é identificar as fontes de dados estruturados e não estruturados para começar a extrair, agregar, unificar, corrigir duplicações, para depois enriquecer com outros dados sobre cada cliente, através de parceiros ou bases de terceiros.

Por exemplo, sistemas de CRM com registro histórico de relacionamento, cartões de fidelidade atualizados e notas fiscais coletadas em sorteios e promoções, formam uma plataforma essencial para iniciar o processo de Big Data Marketing.

 

ANALYTICS TOOLBOX

Dispomos de nossas próprias ferramentas estatísticas em R e de softwares de BI para serem aplicadas nos modelos de dados. A escolha depende do que precisa ser analisado:

  • Descritivo - 'o que aconteceu?'
  • Diagnóstico - 'por que aconteceu?'
  • Data Blending - unificação de bases de dados (fusão de dados)
  • Profiling - database marketing com filtros
  • Scoring - classificação de engajamento e valor
  • Clustering - segmentação estatística de coincidências
  • Market Basket Analysis - compras relacionadas
  • Preditivo - 'o que vai acontecer?'
  • Prescritivo - 'o que faz acontecer?'
  • Algoritmos - regras para automação de marketing

 

SOLUÇÕES DE DATA DRIVEN MARKETING

Com todos resultados em mãos, e alguns insights valiosos na cabeça, passamos para a etapa de aplicação prática do Big Data para transformar em Big Idea.

Pode ser para determinar qual é a combinação de variáveis que otimizam a taxa de resposta de e-mail marketing ou para descrever as características predominantes em grupos homogêneos formando personas.

Por exemplo, programas de CRM poderão receber um 'up grade' com uma inteligência que permitirá interagir de modo diferenciado com cada cliente, seja ativando vendas ou educando sobre o uso do produto, tudo no momento certo durante a curva de relacionamento - CUSTOMER JOURNEY.

Também é possível fazer um marketing direto mais assertivo sabendo-se sobre cada tipologia de consumidor, por exemplo mapas de shopping com ofertas relevantes para cada indivíduo no lugar de oferecer a mesma coisa para todos. Ou então um tratamento customizado conforme as preferências, perfil e hábitos do consumidor num convite para um test drive.

Para o setor de Varejo, E-Commerce e Shoppings podemos oferecer soluções de ativação de vendas oferecendo a mesma inteligência usada por Amazon e outros gigantes de Retail: 'quem comprou isto também se interessou por isso'.

 

Also bought.jpg

 

criação e mídia personalizada

'Entender as individualidades para interagir na diversidade' 

No Big Data Marketing o que importa não é a audiência, mais sim o engajamento que se consegue com cada indivíduo em particular.

Se no Big Media se fala sobre o produto, com inteligência de Big Data será possível entender e conversar com cada indivíduo, abordando os argumentos de maior interesse ou mostrando opções mais relevantes por perfil de comprador.

Por exemplo, o conteúdo de um micro site, e-mail, uma revista, um mapa ou de um folder poderá ser variável conforme regras de segmentação estatística. Tudo para agradar e engajar o cliente ao longo de toda jornada: antes, durante e depois da compra.

Temos cases para demonstrar alguns exemplos de comunicação personalizada usando Big Data em setores como:

  • Shoppings,
  • Varejo,
  • Turismo,
  • Feiras de Negócios,
  • Seguros
  • Automotivo.

Veja mais em BIG IDEAS

 

Automação de Marketing - algoritmos 

'Omni channel - multi plataforma, multicanal, multi conteúdo para cada indivíduo.'

Fazemos o planejamento, produção e a inteligência de regras para disparos automáticos em programas de relacionamento existentes e também no desenvolvimento de APPs proprietários de ativação de vendas -  WiseShopping - ver abaixo, buscando sempre interagir com cada indivíduo na base de dados, enviando sugestões inteligentes e conteúdos mais pertinentes ao longo do tempo.

Serviço fornecido como MaaS (Marketing as a Service) aplicando-se regras de negócios e insights em ferramentas de automação de marketing, ou também em qualquer outra ferramenta de CRM instalada, para empresas que estejam em busca de uma melhoria significativa no relacionamento com sua base de clientes e também para aquelas que desejam desenvolver um programa de comunicação mais assertiva com cada cliente ao longo do ciclo de vida - CUSTOMER JOURNEY